Katalog GES



La Ecología: ¿Nnuevo Paradigma Hermenéutico?

O presente artigo tem por objectivo, em primeiro lugar, mostrar os diversos caminhos através dos quais a sociedade contemporânea tem progressivamente vindo a descobrir o problema ecológico. Num segundo passo, o artigo procede a uma análise das raízes histórico-culturais da redução da... Full description

1st Person: Gómez-Heras, José M. G.
Source: in Revista Portuguesa de Filosofia Vol. 59, No. 3 (2003), p. 651-674
More Articles
Type of Publication: Article
Language: Spanish
Published: 2003
Keywords: Arte
Ciência
Criação
Crise ecológica
Desenvolvimento
Dignidade
Ecologia
Energia
Fenomenologia
Filosofia
Humanismo
Matematização
Mistica
Modernidade
Natureza
Renascimento
Sentimento
Ser humano
Subjectividade
Tecnologia
Teologia
Art
Creation
Development
Dignity
Ecological crisis
Ecology
Energy
Feeling
Human being
Humanism
Mathematization
Modernity
Mysticism
Nature
Phenomenology
Philosophy
Renaissance
Science
Subjectivity
Technology
Theology
Online: Volltext
  Search for full text
Summary: O presente artigo tem por objectivo, em primeiro lugar, mostrar os diversos caminhos através dos quais a sociedade contemporânea tem progressivamente vindo a descobrir o problema ecológico. Num segundo passo, o artigo procede a uma análise das raízes histórico-culturais da redução da natureza a objecto de exploração por parte do ser humano, bem como dos diferentes modos mediante os quais este se relaciona com aquela, sublinhando de modo particular as consequências para o meio ambiente de um uso descontrolado da técnica na transformação do mesmo. Finalmente, num terceiro momento, o autor analisa em que medida a filosofia, sob pressão da crise ecológica, está desenvolvendo um novo paradigma hermenêutico no qual não é apenas a concepção de filosofia que está submetida a uma profunda transformação, mas se verifica também uma incidência dessa transformação em algumas das disciplinas filosóficas básicas, tais como a metafísica, a ética, a antropologia e, evidentemente, a filosofia da natureza. /// The present article aims, first of all, to demonstrate the diverse paths by which contemporary society has progressively discovered the ecological problem. In a second moment, it will analyze the historical and cultural roots of the reduction of nature to an object to be exploited by humankind, along with the different ways by which the latter is related to the former. The consequences of the environment due to the uncontrolled use of technology in the transformation of nature will be underscored. Finally, the author considers how philosophy, pressed by the ecological crisis, is in the process of developing a new hermeneutical paradigm: not only is the conception of philosophy itself transformed but the transforming effect is spreading to other areas of philosophical investigation, e.g., metaphysics, ethics, anthropology, and- of course - the philosophy of nature.
Item Description: Copyright: Copyright RPF - Todos os Direitos Reservados
Physical Description: Online-Ressource
ISSN: 2183-461X

Similar Items

Cannot find similar records

Library Services

Search Options

Quick links

Orientation